Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Novo olhar para o varejo

01/12/2020

Novo olhar para o varejo
Nova loja de Não-Me-Toque foi inaugurada dia 18 de novembro (Clique para ver mais imagens)
Jean Candeia e a esposa Jéssica Orlandi: Cotrijal veio para ajudar o produtor

O olhar diferenciado sobre as necessidades do seu produtor sempre foi uma das características da Cotrijal. A visão é de que como dono da cooperativa, o associado deve encontrar na organização todo o suporte e produtos que precisa para a propriedade. É por isso que no final da década de 1960 foi aberta uma loja de consumo e insumos junto à sede, em Não-Me-Toque, que além de ferramentas, utensílios e outros itens para a lavoura também comercializava produtos alimentícios.

De lá para cá, o segmento varejo cresceu conforme demandado pelo quadro social. Hoje é um negócio importante, que de 2013 a 2019 teve incremento de 200% no faturamento. “O nosso projeto visa, além de ampliar o número de lojas em nossa área de ação, ser referência em qualidade de produtos, bom atendimento e preços competitivos”, afirmou o presidente da Cotrijal, Nei César Manica, durante a inauguração da nova loja de Não-Me-Toque, dia 18 de novembro.

 

Crescimento contínuo

A percepção de que a Cotrijal faz a diferença nas comunidades onde está presente com o segmento varejo é comum entre os associados e clientes. Hoje, são 20 lojas em toda a área de abrangência da cooperativa, nove supermercados e um atacado. Em muitos lugares, tanto a loja quanto o supermercado da Cotrijal são os principais fornecedores de produtos para a população, seja ela do campo ou da cidade.

Em Capão Bonito do Sul, por exemplo, onde a loja foi inaugurada há um ano, a população passou a ter acesso a itens que antes precisava se deslocar a Lagoa Vermelha para comprar. “Facilitou a nossa vida e veio com produtos de qualidade e bons preços. Era uma necessidade no nosso município, que por ser pequeno não tinha esse tipo de atendimento”, afirma o associado Jean César Nunes Candeia.

Ele e a esposa Jéssica há poucos meses compraram na loja o material de construção para a nova sala de ordenha. O casal trabalha com 19 vacas em lactação e produz grãos em 70 hectares arrendados. E há três meses passou a utilizar também a ração da Cotrijal. “Com os ajustes sugeridos na dieta das vacas, já aumentamos a produtividade”, conta, satisfeito, o produtor. “Antes a gente tinha vários fornecedores em todas as atividades, agora consegue fazer tudo num lugar só e sabe que vai ser bem atendido”.


“Produtos dentro de casa”

Nos últimos anos, a Cotrijal vem investindo de forma contínua na sua rede de varejo - no atendimento, na quantidade de itens, na modernização de processos internos e também na inauguração de novos supermercados e lojas. Hoje são nove supermercados, um atacado e 20 lojas em toda a região.

Nas lojas, de 4,5 itens há disposição em 2013, hoje são mais de 20 mil. Nos supermercados, principalmente em Não-Me-Toque, a ampliação foi de 40%.

O superintendente de Varejo da Cotrijal, Valcir Zanchett, informa que a intenção, seguindo o planejamento estratégico, é inaugurar pelo menos uma nova loja a cada ano, até que toda a área de abrangência da cooperativa seja atendida, e seguir fazendo melhorias em todo o varejo nas estruturas já existentes.

“Temos olhado primeiramente a necessidade do associado, para que ele tenha dentro da sua casa, que é a cooperativa, tudo o que precisa para a propriedade, e buscado também atender os nossos demais clientes e olhado para as oportunidades de negócio para a Cotrijal”, explica.

JORNAL DA COTRIJAL - Quer ter acesso à reportagem completa? Acesse a edição de novembro do Jornal da Cotrijal. E acesse também o Facebook e o Instagram dos Supermercados Cotrijal e o Facebook e o Instagram das Lojas Cotrijal.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal


Novo olhar para o varejo Jean Candeia e a esposa Jéssica Orlandi: Cotrijal veio para ajudar o produtor