Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

União que virou “assunto” de trabalho

21/07/2020

União que virou “assunto” de trabalho
Rodrigo, Viviane e Isabela encontram momentos para curtir a vida no interior

As últimas safras não foram só de ganho de produtividade e aumento do uso da tecnologia no campo. Na propriedade de Rodrigo Sabini e Viviane Souiljee, de Carazinho, também têm sido de parceria. O casal, que decidiu dar sequência aos negócios da família, vive na prática o cooperativismo e tem muitos motivos para comemorar.

* A família é a entrevistada do mês de julho do Jornal da Cotrijal no espaço "Vida no Campo". Veja a reportagem completa.



Rodrigo Sabini e Viviane Souiljee se entendem pelo olhar. Há 12 anos, levaram para os negócios essa afinidade. “Em conjunto, fica mais fácil a tomada de decisões”, explica Rodrigo. 

“Não há decisão isolada, uma coisa depende da outra. Na hora da compra dos insumos, por exemplo, eu preciso conhecer o planejamento da lavoura para a próxima safra. É esse dialogo que faz as coisas darem certo por aqui”, comenta Viviane.

Com áreas em Carazinho e Não-Me-Toque e associados da Cotrijal, eles vem crescendo em resultados à frente da gestão da propriedade. “Eu gerencio as questões financeiras e burocráticas e o Rodrigo lidera as ações operacionais. Assim conseguimos motivar os nossos colaboradores, movimentar o negócio e aproveitar ao máximo as oportunidades”, destaca a produtora.

O exemplo de trabalhar de forma cooperativa veio de casa. “Nossos pais estão no quadro de associados da Cotrijal desde os primeiros anos. Respeitam e admiram a cooperativa e sempre tiveram confiança na hora de fazer negócios”, explica o produtor.

 

Bons exemplos

Além da credibilidade no trabalho da Cotrijal, os pais deixaram outras marcas. “Nossa ideia nunca foi começar tudo do zero, mas sim valorizar a história das nossas famílias na agricultura. Alguns funcionários acompanham nossa família há muitas safras. Nos manejos, também temos repetido o que vem dando certo, como investir em boa adubação e formação de palhada, o que nos resulta em boas produtividades e solo protegido”, comenta Rodrigo.

A condução da lavoura, com total atenção aos detalhes e ao capricho, são diferenciados na propriedade. Dedicação e empenho não faltam aos dois gestores, seja na parte operacional ou na administrativa. “Nosso objetivo é o mesmo. Seguir firmes e fortes na agricultura. Para isso, contamos com uma equipe bem estruturada, com objetivos traçados e organizados”, explica Viviane.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Cotrijal