Todas as Cidades
Histórico
Chuvas

Detec: time alinhado para a safra

Detec: time alinhado para a safra
Compromisso da equipe é levar as melhores soluções ao produtor (Clique para ver mais imagens)
Mário Bianchi: segredo para bom controle de plantas daninhas é planejamento

Levar as melhores soluções ao produtor, que resultem em aumento da produtividade e rentabilidade. Esse é o compromisso da Cotrijal neste período que antecede o plantio da soja. Para alinhar informações, a cooperativa reuniu os profissionais do Departamento Técnico (Detec), coordenadores e gerentes de Unidades de Negócios na tarde desta segunda-feira (11).

O encontro, na Associação dos Funcionários da Cotrijal (AFC), em Não-Me-Toque, iniciou com palestra sobre ao manejo de plantas daninhas, ministrada pelo pesquisador Mário Bianchi, da CCGL Tec. Doutor no assunto, ele recomendou máxima atenção ao controle das plantas daninhas antes do plantio. “Tem que semear no limpo, para facilitar o controle em pós-emergência e também garantir o potencial da soja”, alertou. “O segredo do sucesso é planejar com antecedência, antecipar-se ao problema. O produtor deve procurar seu assistente técnico o mais breve possível para fazer esse planejamento”.

Aplicações sequenciais, uso de herbicidas com mecanismos de ação diferenciados – especialmente nas áreas com problemas de resistência -, estão entre as estratégias, segundo Bianchi, para garantir sucesso na dessecação. No pós-emergência, o manejo deve ser feito até a planta daninha ter no máximo quatro folhas. “Usar herbicidas residuais nesse momento é muito importante”, ressaltou.


SITUAÇÃO A CAMPO – Os coordenadores Técnicos de Difusão da Cotrijal, Alexandre Doneda e Alexandre Nowicki, repassaram ao grupo informações sobre a situação das lavouras na região de atuação da Cotrijal e os desafios para esta safra.


Trabalho conjunto

Controlar plantas daninhas é uma questão complexa, na avaliação do superintendente de Produção Agropecuária da Cotrijal, Gelson Melo de Lima. Trabalhando juntos, produtor e assistência técnica podem garantir que a lavoura seja bem implantada e inicie o desenvolvimento de forma adequada. “Temos 76 profissionais a campo, com a melhor informação, preparados para ajudar o produtor a buscar produtividades ainda melhores do que as da safra passada”, destacou.

“Nosso time está pronto para jogar e ajudar o produtor a ganhar o jogo”, frisou o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica. “Já tivemos um excelente resultado na safra passada e podemos avançar ainda mais neste ano”, disse o vice-presidente, Enio Schroeder.


INVESTIMENTO REQUER EFICIÊNCIA – Mesmo com os preços dos defensivos mais baixos em relação à safra passada, a orientação ao produtor é que escolha dos produtos adequados à realidade da sua lavoura e tenha atenção na forma de usá-los, visando garantir o melhor aproveitamento e a rentabilidade. “O tiro tem que ser certeiro”, ponderou o superintendente Comercial, Jairo Marcos Kohlrausch. “Por isso, além de um time preparado para orientar o produtor de forma mais assertiva, a Cotrijal está com ótimas oportunidades de negócios para a compra de insumos, que vão garantir maior tranquilidade ao produtor durante a safra”, explicou.

Fonte: Assessoria de Imprensa Cotrijal


Detec: time alinhado para a safra Mário Bianchi: segredo para bom controle de plantas daninhas é planejamento